Publicações

LICEU DE ARTES MUSICAIS FÚRIO FRANCESCHINI – LAMFF

Publicado 08/10/21 por Franceschini e Miranda Advogados.

O Liceu de Artes Musicais Fúrio Franceschini – LAMFF, é um projeto aprovado pelo PRONAC com o número 180101, para restauro, reforma e ampliação do casarão onde viveu o renomado Maestro Fúrio Franceschini, primeiro organista da Catedral da Sé por mais de 60 anos, professor de grandes mestres e consagrado compositor.
A verba total aprovada é de R$3.199.062,55.

A sede do LAMFF será o casarão tombado que se tornou conhecido como “Solar do Maestro”, a primeira residência construída na Av. Nazaré, em 1916, em São Paulo.

O local vai possibilitar que crianças e jovens em situação de vulnerabilidade e risco social possam aprender e conviver, de forma totalmente gratuita, com a arte musical de qualidade. A iniciativa nasceu da crença de que a música é fundamental para a formação cidadã.

São 280m² a serem restaurados no Solar, mais 270m² para construção de mais salas de aula e de um auditório para uso do Liceu e dos patrocinadores. O projeto arquitetônico é do premiado arquiteto Affonso Risi. Os projetos de ventilação, iluminação, acústico e paisagístico são de autoria de profissionais de renome.

O LAMFF será a nova unidade da FUNSAI – Fundação Nossa Senhora Auxiliadora do Ipiranga, que há 125 anos de atividades educacionais e culturais ininterruptas, apoia milhares de pessoas – de bebês à terceira idade.

Saiba mais sobre a FUNSAI em https://www.youtube.com/watch?v=QYEVQgEundw

Saiba mais sobre o LAMFF em https://youtu.be/yzXY4AoLyPs

Dados da Conta de Arrecadação:
Banco do Brasil
Agência 6809-8
Conta Corrente – 11348-4 MINC PRONAC 180101

No anexo, estão os detalhes sobre:

– Objetivos do LAMFF

– Projeto pedagógico

– Previsão de atendimentos

– Acessibilidade e segurança

– Ações complementares

 

O projeto de restauro reforma e ampliação do casarão onde viveu o renomado Maestro Fúrio Franceschini foi aprovado pelo PRONAC com o número 180101. A casa restaurada abrigará mais do que uma escola de música, será a sede de um novo centro cultural para a cidade de São Paulo.

Objetivos do LAMFF

  • Proporcionar formação musical de alto nível, como nas melhores escolas do mundo.
  • Possibilitar criação de orquestras jovens, com instrumentos de sopro, cordas e percussão, além do canto coral.
  • Propiciar o respeito e o reconhecimento do talento de adolescentes e jovens em suas respectivas comunidades.
  • Promover concertos abertos para o público em geral, contribuindo para a formação de plateias.
  • Disseminar e divulgar a música predominantemente erudita e choro – duas paixões do Maestro Fúrio Franceschini.
  • Criar um polo de intercâmbio com instituições nacionais e internacionais, para aperfeiçoamento de mestres e alunos.

 

Projeto pedagógico

A atuação artística e pedagógica do LAMFF desdobra-se em três eixos:

  1. Escola de formação e aprimoramento musical
  2. Centro Cultural de preservação e fomento da música brasileira
  3. Atividades de formação musical coletiva e capacitação de professores.

 

Os dois primeiros eixos serão sediados na Avenida Nazaré, 366 e o terceiro eixo nas unidades atendidas pela FUNSAI.

  1. Escola de formação e aprimoramento musical

 

O Casarão histórico do LAMFF sediará uma escola de formação e aperfeiçoamento em música e tecnologia musical com professores especialistas capacitados. Oferecerá cursos completos para iniciantes em instrumento musical e canto até seu desenvolvimento avançado, além de cursos de aperfeiçoamento para os alunos que já praticam os instrumentos.

Abrangerá o ensino de canto (ópera e teatro musical), instrumentos de cordas de arco (violino, viola, violoncelo e contrabaixo), cordas dedilhadas (violão), sopros (metais e madeiras), percussão, composição e regência.

O curso de tecnologia musical compreenderá as disciplinas de editoração musical, gravação, criação de trilhas sonoras para jingles, publicidade e cinema.

A escola formará seus próprios grupos artísticos tais como: orquestra de cordas, orquestra sinfônica, canto coral e cameratas.

Esses conjuntos musicais poderão abrigar membros da FUNSAI e da comunidade. Destaca-se que a demanda prioritária para o preenchimento das vagas disponíveis será de alunos em situação de risco e vulnerabilidade social.

  1. Centro Cultural de preservação e fomento da Música Brasileira

 

O LAMFF está localizado em frente ao Parque da Independência, berço da história brasileira, que aos finais de semana é tomado pelo público sedento de arte, cultura e lazer. Em função disso, vai se tornar mais um braço cultural para a região, integrando ao passeio dessas famílias momentos únicos de vivência musical, concertos e palestras.

Aos finais de semana e feriados, o LAMFF oferecerá à comunidade de forma gratuita:

  • Aulas de musicalização para crianças de 0 a 7 anos.
  • Recitais, concertos, óperas e musicais.
  • Palestras e oficinas para o público leigo.
  • Workshops de formação para a comunidade musical.

 

Também nos finais de semana será disponibilizada uma visita histórica ao casarão, contextualizando a importância do maestro Fúrio Franceschini no cenário cultural, bem como a dos músicos e intelectuais que frequentaram a casa, como Villa-Lobos, Mário de Andrade, Oswald de Andrade e Guiomar Novaes.

Dessa forma, o trabalho desenvolvido na sede se conectará a com a sua identidade e impactará a sociedade, contribuindo para o resgate histórico, configurando o Solar como um espaço cultural de grande relevância para São Paulo e para o Brasil.

  1. Atividades de formação musical coletiva e capacitação de professores em música

 

Uma vez que o LAMFF representará excelência artística e educacional aos seus atendidos, terá como missão levar algumas de suas atividades de formação musical para unidades irmãs da FUNSAI e outras instituições das imediações, além da capacitação musical, e em voz, para os docentes dessas instituições.

As atividades de formação musical e iniciação aos instrumentos se desenvolvem por meio do ensino coletivo (cordas, sopros e percussão) contribuindo para a integração social, desenvolvimento socioafetivo, amplificação de percepções e vivências sobre a diversidade cultural, estimulando o respeito entre os alunos e contribuindo para a formação do indivíduo.

Uma vez que sabemos que a música é um recurso muito presente nas atividades pedagógicas de inúmeras disciplinas (como por exemplo no berçário e educação infantil, nos quais cantar faz parte do dia a dia dos professores) torna-se central capacitar esses professores para que utilizem a música e a voz de maneira adequada à aprendizagem da criança (ex. um professor que canta desafinado ensina à criança, sem perceber, a também cantar desafinado).

Além dos benefícios do uso da música em sala de aula, sabemos que os professores enfrentam grandes desafios com relação ao uso da voz e à sua saúde vocal. Nesse contexto, o ensino do canto se apresenta com um recurso muito importante para conhecerem o seu instrumento vocal e contribui para o desenvolvimento de vozes saudáveis e comunicativas.

Previsão de atendimentos

Serão atendidas aproximadamente 2.060 pessoas por ano.

  • 160 alunos nos cursos regulares da escola de música
  • 1.000 pessoas por mês nos finais de semana e feriados em recitais, concertos, educação musical, oficinas, workshops e palestras
  • 150 vagas de iniciação musical e formação de instrumento/voz nas Unidades da FUNSAI.
  • 750 alunos impactados pela capacitação de professores das unidades da FUNSAI e instituições parceiras.

 

Todas as atividades serão disponibilizadas de forma totalmente gratuita, assim como ocorre nas demais Unidades e Projetos da FUNSAI.

Acessibilidade e segurança

Completa acessibilidade a portadores de necessidades especiais, inclusive com a instalação de um elevador para acesso ao anfiteatro.

Sistemas de prevenção e combate a incêndio atendendo à legislação pertinente em vigor.

Objetivos e atividades complementares

Além dos objetivos já citados, certamente haverá o envolvimento de mais profissionais, ganhos para a comunidade e impacto positivo para a região.

  1. Estímulo à geração de emprego e renda, por meio do fortalecimento de circuitos turísticos e da cadeia produtiva da economia da cultura local.
  2. Parcerias com organizações educacionais e de turismo da cidade de São Paulo para inserção do Liceu de Artes Musicais Fúrio Franceschini no circuito turístico de Equipamentos Culturais e apresentações musicais gratuitas.
  3. Engajamento da população local, despertando o interesse e o propósito de preservação, uso sustentável e apoio financeiro para a conservação do patrimônio histórico.
  4. Convite às empresas locais e patrocinadoras para associarem-se ao Liceu de Artes Fúrio Franceschini no apoio a projetos socioeducacionais, tendo como contrapartida aulas de música para seus executivos e funcionários.
  5. Visitas mediadas com educadores da instituição, palestras e exposições, com o objetivo de conhecer o Solar como patrimônio histórico-cultural e sua representatividade em âmbito nacional, principalmente na história da música brasileira e do bairro do Ipiranga.
  6. Divulgação das ações do LAMFF e sua programação educativa e cultural feita por meio de material impresso e digital divulgado nas mídias sociais.

 

Sustentabilidade e governança

Foco na gestão e na governança corporativa, proporcionando mais transparência para a sociedade e garantindo a relação de confiança com os atuais e futuros mantenedores do patrimônio.

Fortalecimento da sustentabilidade de longo prazo, incluindo planejamento de atividades, ativação de apoiadores e, quando aplicável, formação de fundos de contingência, manutenção ou patrimoniais.

Para garantir a transparência e o bom uso dos recursos, contaremos com as seguintes boas práticas:

  • Apoio na gestão do equipamento pelo Conselho Fiscal, Conselho Consultivo e Comitê Pedagógico.
  • Prestação de contas completa nas fases de projeto, implementação e desenvolvimento do LAMFF, com auditoria externa independente.

 



Compartilhe:

© - Franceschini e Miranda Advogados. Site criado por Agência Javali.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0